As viseiras voltaram com tudo (e com proteção)!

GlueGlue/ novembro 16, 2017/ Não categorizado

As viseiras voltaram com tudo. A moda praia 2018 promete trazer versões de viseira com muita cor, estampas e brilho. E o melhor de tudo: proteção solar!

O verão está chegando com todo seu esplendor, calor, beleza, raios UV’s e extrema necessidade de proteção. Por esse motivo, é preciso redobrar a atenção com os cuidados com a alimentação, hidratação e, claro, a pele.

A moda praia 2018 vem com tendências incríveis e uma delas é a volta da viseira, acessório prático e estiloso que protege o rosto e os olhos. Neste verão, o item pode ser adquirido também com proteção contra raios solares, o que garante mais saúde e beleza a sua pele do rosto.

Viseira e proteção
Sabe-se que o protetor solar é o grande aliado para cuidarmos da saúde na estação mais quente do ano. Porém, o uso de chapéus, bonés e as famosas viseiras garantem muito mais proteção à pele.

Os avanços tecnológicos possibilitaram o desenvolvimento de tecidos com
fotoproteção, isto é, com camadas que reduzem a transmissão da radiação solar à pele humana. Os materiais com ação fotoprotetora diferenciam-se pela cor, composição do fio, estrutura, umidade e outros fatores. Já a qualidade é medida em UPF (Ultraviolet Protection Factor ou Fator de Proteção Ultravioleta).

Diversos itens com UPF para adultos e crianças como bonés, camisas, regatas, roupas para esportes ao ar livre integrarão a moda praia 2018. A viseira, além de ser tendência do mundo fashion para este verão, também pode ser encontrada com UPF, unindo saúde e estilo.

O que é UPF                                                                                                     O UPF é um índice regulamentado na Austrália em 1996 que mede o nível de proteção dos tecidos contra os raios UVA e UVB. O nível máximo de UPF é o +50, o qual garante que 97,5% dos raios UV não atinjam a pele. Além disso, destaca-se que a eficácia do tecido certificado com o índice não reduz com o tempo de uso ou com lavagens.

A propriedade principal que define a qualidade do tecido é a transmitância    de raios ultravioleta (UV). Esta é entendida como a associação da totalidade de raios UV que incidem em um intervalo de comprimento de onda delimitado para uma fração de raios UV transmitidos que alcancem a pele.

Diferença entre UVA, UVB e UVC
A radiação ultravioleta (UV) equivale a aproximadamente 7% de toda a radiação que o sol emite e é separada em três subintervalos: UVA, UVB         e UVC. Conheça a diferença entre essas três siglas e proteja-se com os melhores artigos para a moda praia 2018:

Radiação Ultravioleta A (UVA):
Constitui a maior parte do espectro UV que atinge a superfície terrestre. Tem intensidade constante durante todo o ano, podendo prejudicar o corpo humano tanto no inverno quanto no verão. Pode causar câncer de pele e envelhecimento precoce.

Radiação Ultravioleta B (UVB):
Apresenta intensidade mais significativa no verão, especialmente no intervalo entre às 10 horas e 16 horas. São raios responsáveis pela vermelhidão e queimaduras na pele.

Radiação Ultravioleta C (UVC):
Os raios UVC praticamente não alcançam a superfície do planeta, uma vez que são filtrados, absorvidos e refletidos pelo oxigênio e ozônio na atmosfera. Expor-se de forma excessiva à radiação solar pode causar sérias complicações para a pele e para a saúde em geral. Contudo, a moda praia 2018 promete trazer artigos produzidos com tecidos que garantam total proteção ao seu verão. Invista em itens comUPF e fique ainda mais linda neste verão!